sábado, 31 de janeiro de 2009

Haikais de verão


Soa vento, folhas, grãos

Mar de azul intenso

Em minha pele arde o sol

*

Folhas bailando ao som do ar

Brilham à luz do sol

Ondas, no mar, aplaudem

*

Sobre o palco azul do céu

Pássaros atuam

Nuvens riem deleitadas

2 comentários:

Hudson disse...

Nosso novo colega de site nos brinda com uma variante na forma poética! Quanto menor o espaço, mais precisas precisam ser as palavras e mais ricas as idéias, para que uma mensagem seja passada com intensidade, para que nos transportemos para dentro do poema. Nos haikais a dificuldade aumenta... E também, interessante o fato do querido Pastor trazer elementos da natureza para nossa imaginacao poética! Valeu, parceiro!

Mariana disse...

chego a sentir uma brisa no rosto ao ler estes escritos.